terça-feira, janeiro 30, 2007

Um documento alarmante - Fundação D. Pedro IV



O que este documento regista é muito grave. Para além de se manifestar a intenção de ajudantes de acção educativa e auxiliares, começarem a desempenhar acções de limpeza, para melhor se poder despedir as funcionárias que a faziam, manifesta-se no ponto 2, a intenção de reduzir a qualidade da comida fornecida às crianças de um Instituto Particular de Solidariedade Social, com estatuto de Utilidade Pública, financiado pelo Estado e cuja sede, por exemplo, é propriedade do Estado.

2 comentários:

Anónimo disse...

Na mansão de Marvila passa-se o mesmo com os velhotes.
A qualidade da comida é tão má que todos os dias sobra imensa.
Sendo que na parte da mansão restaurada para a elite da sociedade, aqueles que podem pagar 300 contos/mes, não se passara´o mesmo.
Ali corta-se na comida, no pessoal, na medicação, nos produtos de higiene, nomeadamente fraldas, em tudo, pois muitos dos idosos que ainda lá se encontram não teem familia nenhuma.
Onde para a segurança social que não fiscaliza nada.
A politica deste sujeitinho é igual em todos os lados, espremer o limão até não deitar mais sumo.
Estranho passar impune perante tudo o que e noticiado, julgo que mais depressa cai o 1º. ministro que o canto moniz. Interrogo-me, quem estara a segurar este sr...., será a chantagem, ou será o avental. Continuem a luta pois tudo isto terá que ter um fim.

Tiago Mota Saraiva disse...

Já tínhamos consciência que a situação na mansão de marvila não era a melhor. Contudo não a este ponto.
Peço-lhe que se junte a nós neste protesto. Enviando estes factos para a Segurança Social e relatando os factos no blogue dos pais.
Um abraço solidário.