sábado, setembro 30, 2006

"reforma"

[segurança social, constituição, IRS, educação, ensino superior, saúde, reformas...]

No senso comum da política conseguiu-se transformar numa convenção, que o facto de um governo fazer "reformas", é uma coisa boa.
O que virá será melhor que o que estava, embora no presente, exija sempre um esforço maior para os que cá estão.
Grandes sonhadores!

1 comentário:

Mir disse...

sugestão de novo provérbio: "antes política sossegada que em reforma disparatada"
Para quando a reforma da própria? Já tem mais que suficientes anos de serviço!...